Minha história...

Novo Tópico   Responder ao tópico

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Minha história...

Mensagem por Admin em Seg 9 Fev - 18:02

Pessoal,
Contem aqui suas histórias, vamos conhecer mais pessoas que estão passando pelo mesmo desafio! Wink

Admin
Admin

Mensagens : 3
Data de inscrição : 06/02/2015

http://hpvhomem.forumaqui.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cirurgia 11.2.15

Mensagem por RicardoHPV em Sex 13 Fev - 10:55

Olá pessoal, td certo ? Como este blog me auxiliou no esclarecimento sobre o vírus, vou postar aqui minha saga. Mais ou menos por volta de maio de 2014 comecei a sentir coceiras na região anal, o que me levou a procurar um médico clínico geral. Ele diagnosticou como sendo fungos e ministrou uma pomada, que realmente funcionou. A coceira acabou e tudo blz... Entretanto, por volta de outubro de 2014 as coceiras voltaram. Voltei a utilizar a pomada antes ministrada, mas a coceira não diminuiu dessa vez. Tentei voltar no mesmo médico, mas não me recordava o nome e havia perdido a receita. Então marquei na mesma clínica, mas na hora da consulta descobri que não se tratava do primeiro médico, isso no início de dezembro de 2014. Este último médico também continuou com o diagnóstico de fungo, mas passou outra pomada. Como estava em período de fim de ano, só retornei ao médico no início de janeiro. Quando ele voltou a verificar o local, já disse que  achava se tratar de verrugas (condilomas) e me encaminhou para um proctologista. Pois bem. Consulta marcada com o proctologista, que logo diagnosticou o HPV, afirmando que o melhor tratamento seria a cauterização, em razão de haver bastante verrugas. Fiquei bastante assustado, e comecei a pesquisar sobre a doença, ocasião em que descobri esse site.

Sou heterossexual, tenho namorada há pouco mais de 1 ano, não tendo outras parceiras durante essa época. Não sei como peguei o vírus, pensei mto sobre isso e cogitei várias hipóteses (contato com privada infectada, pois trabalho em repartição pública e o banheiro é frequentado por td tipo de pessoa; contato com tecido infectado provando roupas; etc), mas sem dúvida esse é um fato do qual nunca saberei a verdade. Minhas namorada fez exames e ainda está esperando o resultado de alguns, mas não tem nada visível ao menos.

Acho que li tudo o que tem escrito por aqui nesse momento de angústia antes da cirurgia hehe Foi por aqui que tive a informação sobre a pomada desenvolvida pela Universidade Federal de Alagoás. Mandei uns emails para a Universidade, mas obtive resposta que os estudos estavam encerrados e a pomada não era mais fornecida. Pela internet, vi que essa pomada está em fase de licitação para só depois começarem a fabricá-la em larga escala, o que pode demorar anos.

Procurei sobre outras pomadas com o mesmo composto dessa da UFAL (composto principal: barbatimão). Minha vontade de fugir da cirurgia era grande, por isso me foquei nesses tratamentos alternativos. Cheguei a comprar duas pomadas na internet. Umas delas que em sua publicidade até dizia ser eficaz contra as verrugas (pomada fabricada pela Ingá Saboaria). Comprei essa da Ingá e outra do site doceerca (onde também havia relatos de "pessoas" dizendo que curaram as verrugas). Enfim, nenhum das pomadas teve qualquer eficácia. Eu acho que os relatos que existem na internet sobre a eficácia desses produtos são pura falácia, talvez feitos até pelos próprios vendedores, o que seria de todo lamentável, já que estariam se aproveitando do estado frágil das pessoas que procuram tratamentos alternativos. Enfim, só suspeitas, bola pra frente!

Como as pomadas não funcionaram, voltei no médico e agendei a cirurgia, que foi feita quarta-feira, 11.2.2015 (há dois dias). O procedimento se iniciou por volta das 11h e acho que não levou mais que meia hora. Levei anestesia raqui e fiquei acordado durante todo o procedimento. Sobre a raqui, pensei que não ia sentir minhas pernas após a anestesia, mas não é bem assim. A região fica apenas dormente, dá pra sentir qdo há algum toque. Embora dê pra sentir um pouco a região, a anestesia não deixa sentir nenhuma dor (nada mesmo!), que era meu maior medo. O médico inclusive cauterizou duas verrugas na região do pênis, que eu não tinha sequer notado.

Bom, para mim o pior foi ter que dormir no hospital (pensava que iria sair no mesmo dia), com soro e medicamentos na veia (não sou fã de agulha). Depois da cirurgia, em razão da anestesia, tive que ficar 12h sem levantar a cabeça (pra não ter dor de cabeça e outros efeitos colaterais da anestesia), o que segui e foi bastante chato. Foi um alívio poder levantar a cabeça após as 12h. Como ficava com o soro direto, sentia muita vontade de urinar, o que era mto difícil qdo eu estava deitado na cama (tinha que fazer em uma espécie de garrafa (chamam bico de papagaio no hospital).

Como podem ver, a cirurgia em si não foi dolorosa, a pior parte pra mim foi a espera no hospital com o soro e medicamentos na veia. Não cheguei a defecar lá no hospital. Ontem à noite foi a primeira fez que fiz cocô, e para minha surpresa não foi dolorido (tinha visto aqui no site que MTA gente sente MTA dor). Hoje de manhã fiz cocô de novo e foi tranquilo, espero que continue assim.

Ontem à noite fiquei com um pouco dor de cabeça e fraco, como se estivesse com febre (comprei até um termômetro, mas a temperatura estava normal). Acho que deve ter sido por eu não ter dormido quase nada no hospital e também por ter me alimentado mto pouco. Hoje já acordei mto melhor. Ainda sai um pouco de secreção da região, o que segundo o médico é normal. Estou passando uma pomada 2x ao dia e para dor apenas tylenol (não tenho sentido dor). As cuecas têm ficados tds sujas em razão dessa secreção. Estou até usando uns modes da minha namorada pra sujar menos hehehe Hoje já percebi que a secreção diminuiu e acho que a tendência é sempre melhorar.

Retorno no médico na próxima quarta. Espero que não haja recidivas e que a região logo esteja curada.

É isso aí companheiros(as) de luta. Não fiquem com medo da cirurgia, não podemos brincar com nossa saúde. As coceiras do HPV são terríveis e o pior é saber que você pode transmitir isso para terceiros. Grande abraço!

RicardoHPV
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Minha história...

Mensagem por getborn em Ter 10 Mar - 17:55

Olá, que bom que a cirurgia é tranquila.
Eu estou com HPV a mais de um ano as verrugas tem acumulado, talvez por vergonha ou nervosismo ainda não procurei um médico mas pretendo fazer isso em breve.
Você pode informar quanto é o custo mais ou menos de todo processo ?
Minhas lesões são na virilha e púbis e algumas menores no pênis.

Obrigado

getborn

Mensagens : 10
Data de inscrição : 10/03/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Minha história...

Mensagem por RicardoHPV em Sex 29 Maio - 10:57

Pessoal, já passado bastante tempo da cirurgia, não houve recidiva (ufa!). Pois bem, embora naqueles primeiros dias eu ainda não tivesse sentido dor, fato é que aparentemente eu ainda estava sob os efeitos da anestesia. Acho que um dia depois do relato comecei a sentir as dores na hora da cagada hehehe Enfim, dói bastante, mas eu aguentei (e você também vai aguentar).

Depois de já passado certo tempo da cirurgia, quando eu inclusive já havia voltado ao médico para os exames rotineiros, ele me liberou para voltar às atividades sexuais. Confesso que foi muito ruim no começo, pois meu pênis sangrava um pouquinho quando a pele esticava. Bom que a namorada teve paciência e hoje já não sinto dores. No mais, ainda sinto vez ou outra um pouco de coceira na região anal, mas nada comparado ao tempo das verrugas.

Como perguntaram do valor, eu paguei pouco mais de R$ 2.000,00. O médico disse que poderia ser feita via SUS, mas que iria demorar (afinal, estamos no Brasil). Como eu já estava muito preocupado com a situação - e todos os métodos alternativos de cura não deram certo - resolvi fazer o mais rápido possível, de forma particular. Enfim, acho que a questão do valor varia muito de acordo com cada lugar e da quantidade de verrugas.

Abraços


RicardoHPV
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Minha história...

Mensagem por gustavodias em Ter 2 Jun - 1:13

Olá Pessoal! Vou relatar minha história com o hpv e gostaria de tirar umas dúvidas tbm se alguém puder sanar fico agradecido. Tudo começou em novembro/2014 qdo identifiquei no banho um carocinho na região externa do meu ânus! já me assustei e pesquisei na net oq poderia ser e oq apareceu foi hpv. Agendei no dia seguinte uma consulta com o procto e fui lá para saber se era mesmo e não tão surpreso foi confirmado. Tinha uma única verruga na região externa do meu ânus. O médico me receitou um ácido para ser aplicado no consultório uma vez por semana até cair! na segunda aplicação já não tinha mais nada! Uffa a verruga caiu! depois de tratado a externa! fomos verificar se havia interna e para minha alegria através de exame de toque e anuscopia não havia nada. O médico pediu que retornasse depois de seis meses para ver se não houveram recidivas e agora em maio/15 fui e não apareceram mais nada. Dentro desses 7 meses de tratamento não tive relação sexual com ninguém! Fiquei meio travado em fazer anal e surgir novamente. Vamos as perguntas que tenho dúvida!! 1- só transmito o hpv se tiver verrugas? 2- Há casos de recidivas depois de seis meses de tratamento sem aparecer nada? 3- Quando elas voltam, aparece no mesmo lugar? não tive interno, pode aparecer? 4- Estou pensando em tomar a vacina, ela evita que não pegue de novo? Obrigado pela atenção! fico no aguardo das respostas.

gustavodias

Mensagens : 4
Data de inscrição : 02/06/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Minha história...

Mensagem por Javert em Qua 10 Jun - 2:57

gustavodias escreveu:Olá Pessoal! Vou relatar minha história com o hpv e gostaria de tirar umas dúvidas tbm se alguém puder sanar fico agradecido. Tudo começou em novembro/2014 qdo identifiquei no banho um carocinho na região externa do meu ânus! já me assustei e pesquisei na net oq poderia ser e oq apareceu foi hpv. Agendei no dia seguinte uma consulta com o procto e fui lá para saber se era mesmo e não tão surpreso foi confirmado. Tinha uma única verruga na região externa do meu ânus. O médico me receitou um ácido  para ser aplicado no consultório uma vez por semana até cair! na segunda aplicação já não tinha mais nada! Uffa a verruga caiu! depois de tratado a externa! fomos verificar se havia interna e para minha alegria através de exame de toque e anuscopia não havia nada. O médico pediu que retornasse depois de seis meses para ver se não houveram recidivas e agora em maio/15 fui e não apareceram mais nada. Dentro desses 7 meses de tratamento não tive relação sexual com ninguém! Fiquei meio travado em fazer anal e surgir novamente. Vamos as perguntas que tenho dúvida!! 1- só transmito o hpv se tiver verrugas? 2- Há casos de recidivas depois de seis meses de tratamento sem aparecer nada? 3- Quando elas voltam, aparece no mesmo lugar? não tive interno, pode aparecer? 4- Estou pensando em tomar a vacina, ela evita que não pegue de novo? Obrigado pela atenção! fico no aguardo das respostas.


Vou tentar responder o que eu sei rs

1- Só transmito o hpv se tiver verrugas?
Eu me consultei com 2 médicos e ambos falaram que só se pega hpv pelo contato com a verruga. Se não houver verruga, pode significar que: a)vc não tenha mais o vírus ou b)que ainda tenha o vírus no seu organismo mas ele esteja na sua forma latente, ou seja, vc tem o vírus, as verrugas não surgem e não teria como transmitir o hpv para outra pessoa. Há tbm o risco de vc ter verrugas muito pequenas dificeis de serem vistas, o que pode fazer com que vc acabe transmitindo o hpv sem saber. Porém eu já li alguns artigos na internet que diziam que tbm se passa pelo semen.
Obs: Eu tava ficando com um cara que me disse que o ex-namorado dele tbm tinha hpv e que após a retirada das verrugas, eles sempre fizeram sexo sem camisinha e que nunca pegou nada. Essa informação não é nada oficial mas eu só tô compartilhando o que eu ouvi rs

2- Há casos de recidivas depois de seis meses de tratamento sem aparecer nada?
Há pessoas que passam a vida inteira com o vírus no organismo então não me surpreenderia se houvessem recidivas depois desse período, porém não tenho como afirmar isso com precisão pra vc.

3- Quando elas voltam, aparece no mesmo lugar? não tive interno, pode aparecer?
Realmente não sei responder

4- Estou pensando em tomar a vacina, ela evita que não pegue de novo?
O ideal de toda vacina é vc tomar antes que vc tenha contato com o vírus para que quando este contato ocorra, o seu sistema imunológico saiba se defender daquele tipo específico de vírus para o qual foi feita a vacina e, em geral, não surte nenhum efeito de tomada depois que vc já tiver adquirido o vírus. Logo, a vacina é uma medida preventiva e não configura em sí um tipo de tratamento. Porém, há vários relatos de que mesmo após a pessoa já ter contraído o vírus, a vacina funcionou como um meio de retardar ou de até mesmo impedir a recidiva, por isso muita gente (inclusive médicos) orienta sobre tomar a vacina para o hpv depois de ter descoberto a doença.

Todas essas informações que eu passei aqui são de acordo com o que eu fui lendo e pesquisando e como eu não sou da área da saúde, podem conter erros. O melhor seria vc voltar ao médico em que vc se consultou e tirar essas duvidas com ele, mas como essas duvidas provavelmente são as duvidas de muitos outros, achei legal botar aqui rs
avatar
Javert

Mensagens : 12
Data de inscrição : 20/03/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Minha história...

Mensagem por gustavodias em Sex 12 Jun - 16:26

Valeu Javert ajudou bastante.

Abço

gustavodias

Mensagens : 4
Data de inscrição : 02/06/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Minha história...

Mensagem por brunoperazzo em Qui 3 Dez - 20:30

Bom, pessoal, descobri o HPV em novembro de 2014. HJ faz um ano da minha primeira cirurgia. Precisei fazer outra porque tive recidivas (março/2015). Desde, então, tenho voltado ao médico para fazer acompanhamento de dois em dois meses. Está tudo bem. Tenho fé que não voltarei a ter este problema.

Tomei as três doses da vacina e procurei me alimentar bem, malhar e dormir bem. Tentar não se estressar ajuda.

Ainda não voltei a ter relações sexuais anais, pois meu ânus está muito apertado. Mas, sei que conseguirei.

Alguém já usou dilatadores anais?

brunoperazzo

Mensagens : 17
Data de inscrição : 23/03/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Minha história...

Mensagem por @live em Dom 13 Dez - 23:07

Olá a todos, espero que estejam todos bem. Descobri o hpv a cerca de cinco meses, em Julho deste ano. Notei uma pequena protuberância na região externa do meu ânus, e logo fiquei com muito medo de DST, sou passivo e me descuidei. Logo fui ao médico, um proctologista, que analisou, fez o toque e anuscopia. Me perguntou se eu tinha coceiras e tal, dores ou sangramentos e eu não tinha nenhum desses sintomas, a "protuberância" apenas estava lá. O médico então me disse que eu não tinha nada, e que não havia o que me preocupar, que talvez fosse apenas uma fissura ou o resto de alguma. OK, fiquei aliviado. Mas aí uma semana depois notei que a tal protuberância havia crescido e logo fiquei assustado novamente. Aí começou a saga... Primeiro que o médico tinha adoecido, e eu não consegui o retorno, perdi duas semanas aí. Depois me consultei com um novo médico, este confirmou o HPV, passou uma retossigmoidoscopia e uma nova anuscopia para fazer, para analisar possíveis condilomas internos. Passou-se mais uma semana, fiz esses exames, ao fazer a anuscopia com ele (cujo este médico fora muuito grosso com o manuseio do equipamento me fazendo sangrar), ele disse que eu deveria fazer o procedimento cirúrgico pois uma das duas verrugas estava muito grande. Caí em desespero, meus pais não sabiam e a tal cirurgia é bastante cara. Então fui recorrer ao SUS. Perdi um mês inteiro pulando de médico em médico para descobrir que o SUS daqui de minha região não tem suporte à tal cirurgia, e que o ÚNICO método de tratamento que seria com o ácido ATA eu não poderia fazer pois me causaria muitos danos a região e a possibilidade de causar recidivas devido aos machucados causados seria grande... Então depois de falar com meus pais, (levei uma bronca, mas graças a deus eles pensaram mais em me cuidar do que no problema) resolvi fazer a cirurgia com aquele segundo médico. Porém nesse pula pula de médico eu havia conversado com este segundo médico sobre minhas dúvidas, que eu tava com medo e tal... E ele achou que eu estava inseguro quanto a análise dele ou o método que ele pretendia usar para me tratar. Resultado, este se recusou em fazer a cirurgia em mim pois achou que a relação de confiança entre ele e mim iria atrapalhar caso houvesse complicações, ele iria simplesmente remover com bisturi a verruga maior (cerca de 3cm) e eletrocauterizar a menor (+/-1cm), com isso a região cortada com bisturi iria sangrar, e ficar aberta. Eu teria complicações imensas no pós operatório, e provavelmente teria um encolhimento do tecido da região. Meus condilomas eram pouco comuns não eram pequenas verrugas, assemelhava-se mais com um couve-flor, a base tinha mais de 2cm, por isso foi difícil achar algum médico que tratasse com certeza. Enfim, não foi com esse médico, entrei em novos desesperos em pensar de tudo que eu tinha corrido para conseguir algo e tudo mais, mas comecei do "zero" de novo, fiz uma pesquisa pesada de médicos de minha cidade e encontrei um médico proctologista-cirurgião com boas recomendações. Levei todos os meus exames, contei minha saga pro médico e ele analisou a olho nu meus condilomas. Para minha surpresa ele falou que NÃO HAVIA NECESSIDADE DE CIRURGIA. Me receitou podofilina a 25% para fazer aplicações no consultório. Fiz pesquisa sobre a medicação e descobri que ela não era lá mágica, e que tinha índices de pouca eficácia um pouco altos. Mas, como eu estava desesperado por um tratamento fui assim mesmo. Novamente para minha surpresa a medicação agiu muito bem, reduziu bastante as verrugas na primeira aplicação, daí vem minha dica: cada tratamento age diferente em cada pessoa, nossos metabolismos são diferentes. Fiz três aplicações semanais, mais duas aplicações de 15 em 15 dias. A medicação causa incômodos, pressão na região, dores, possíveis assaduras e tudo mais. Mas nada impossível ou demais para aguentar. Hoje restou cerca de 1mm da verruga que tinha +/-3cm, já não tenho mais sinais de condiloma na região, segundo o médico é um excedente da pele puxada pelo vírus para a formação do condiloma. A verruga menor desapareceu há três semanas, nenhum sinal de recidiva nem cicatrizes. Daqui a algumas semanas irei retornar para avaliação e fazer uma nova anuscopia. O que aprendi é que os próprios profissionais são desinformados, passei por supostos proctologistas no SUS (que não eram), supostos proctologistas em clínicas particulares, urologistas e tudo mais. Felizmente estou respondendo muito bem ao tratamento, meu médico falou q como não sou soropositivo não preciso ficar neurótico com minha imunidade, se cuidar bem, comer bem e dormir bem já é o suficiente. Ainda não tive relações sexuais, meu médico não liberou ainda, só ano que vem. Estou apreensivo sobre minha vida sexual depois do hpv, meu psicológico ficou bastante abalado depois de tudo isso, tive apoio da família e de amigos, mas sou uma pessoa cabeça dura e ainda estou trabalhando na ideia. Hoje estou bem mais tranquilo, pensando positivo sobre a resolução desse problema e me cuidando bem. Assim que eu tiver uma nova consulta posto novas notícias aqui. Um grande abraço a todos e espero que todos passem bem. :}

@live

Mensagens : 9
Data de inscrição : 29/07/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Minha história...

Mensagem por AndréBarba em Ter 2 Fev - 12:05

Bom dia galera. Entrei agora, então vou começar com a minha história. Eu moro em Porto Alegre.

Faz mais ou menos um ano e meio que eu fiquei com um amigo de outra cidade. No fim de 2015 ele entrou em contato comigo, dizendo que tinha contraído HPV e me aconselhando a ir ao médico. Ele estava muito chateado em me dar a notícia. Eu agradeci o aviso, e deixei bem claro que não era culpa dele, e não precisava se sentir mal por isso. Nós somos amigos até hoje e ele tem me ajudado muito, conversado comigo e me passando links, como o deste blog e fórum, por exemplo.

Mas eu creio que não peguei dele. Meio ano antes eu fiquei com cara que eu conhecia muito pouco, acho que foi esse.
Ele tinha uma cicatriz do lado do ânus. Quando eu percebi, avisei pra ele. Ele primeiro se fez de desentendido, depois disse que era uma cauterização de hemorróida, e que ele teve que fazer duas vezes. A transa acabou ali, cortou o clima, mas eu já tinha esfregado meu pênis a região anal dele sem camisinha por um bom tempo.

Mas continuando, no fim de 2015 então, eu fui num urologista particular aqui na cidade. Ele disse que o teste para HPV é inútil, pois dá falso positivo. E que sem verruga eu não tinha HPV e deveria só continuar fazendo sexo com camisinha.

2 meses depois me saiu 2 verrugas minúsculas no pênis. Procurei dessa vez um urologista na Central de Consultas, em Porto Alegre (não recomendo). Ele fez a cauterização, eu perguntei sobre tratamentos, ele disse que não havia nada a ser feito. Qualquer pergunta que eu fazia sobre tratamentos, ele repetia "não há nada que possa ser feito/só esperar/use camisinha"

1 mês depois apareceu uma nova verruga. Dessa vez decidi ir no Ambulatório de Dermatologia Sanitária de Porto Alegre, que ouvi que era muito bom (SUPER não recomendo!). O médico repetiu o mesmo mantra dos outros "não há nada que possa ser feito/só esperar/use camisinha", mas com tremenda GROSSERIA.

.........................................................................................................................................................................................................
O que me deixa FURIOSO é: conversando com pessoas que estão passando por isso, eu sei que existem outros tratamentos, como a vacina (que alguns médicos recomendam pra quem já contraiu para diminuir a força do vírus), alimentação (nutricionistas receitam dietas para aumentar a imunidade do paciente), e o próprio exame (que alguns médicos utilizam). Se alguém da região de Porto Alegre puder me indicar um bom médico, eu aceito! Eu decidi visitar um médico e uma nutricionista na minha cidade natal, aqui perto. Mas eu estou perdido, não sei a quem recorrer! É um absurdo que nessa capital não tenha um profissional decente, e eu não tenho dinheiro pra ficar gastando um por um até descobrir.

E o impacto na minha vida: no início passei semanas chorando, me sentindo um lixo. E desesperado, sem informação, sem ajuda médica! Agora eu estou conseguindo separar as coisas (eu tenho um vírus, é um problema desagradável mas é temporário, eu não sou um lixo ambulante nem é minha culpa). Mas faz meio ano que eu não transo com ninguém. Estou desviando de todos os xavecos, invento desculpas esfarrapadas e me afastei de quem eu estava xavecando na época. Não é a falta do orgasmo em si (pra isso existe XXXvideos), mas sinto muita falta de beijar, dormir com alguém.

Por um tempo eu fiquei com muita raiva daquele cara da cicatriz que eu mencionei acima. Eu só fui me lembrar dele quando percebi que a minha cicatriz de cauterização ficou muito parecida com a dele após umas 3 semanas. Ele me mentiu descaradamente, e ele deve ter transado comigo mais ou menos esse tempo depois da cauterização dele (o que foi uma péssima atitude dele, deve se esperar mais pra ver se vão aparecer mais verrugas). Mas depois a raiva foi passando, quando eu imaginei que ele pode ter passado por um médico estúpido que disse pra ele "não há nada o que fazer/só esperar".

Uma coisa que, no dia que eu voltar a transar (que nem consigo imaginar no momento), talvez eu tenha que mudar é colocar a camisinha bem no início da transa, na hora do arreto, não só na hora da penetração. Mas isso é uma coisa que vai me cortar metade do tesão.

Gostaria de, se não aparecer mais uma verruga, fazer um teste para ver minha carga viral. Um outro amigo meu fez antes de se casar (HPV é muito perigoso para mulheres), e não teve nada de "falso positivo". O médico dele disse: "aqui indica uma carga viral baixíssima, isso deve significar que tu contraiu anos atrás, mas que teu corpo expurgou, só restaram os anticorpos, pode se casar tranquilo". Mas eu precisso dum maldito médico decente que me ajude!

Bem é isso, agora vou ler o resto do fórum. Alguém pode me ajudar? Um abraço e boa sorte a todos.
.........................................................................................................................................................................................................
avatar
AndréBarba

Mensagens : 2
Data de inscrição : 02/02/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Minha história...

Mensagem por lins em Sex 5 Fev - 18:40

Boa noite querido.
Acompanhei sua história e realmente sei o sentimento que teve.
É difícil ter bns profissionais sim no Brasil, eu me lembro que na minha primeira consulta o medico me disse que HPV jamais teria culpa, quando na vdd isso eh uma inverdade.
Em um outro a mesma coisa, ate q me cansei e não fui mais, resolvo minhas verrugas em casa e a cada 6 meses faco exame de sorologia.
Acredito que possa existir uma cura e um dia sera descoberta assim como nós também aprenderemos a ter responsabilidade com nosso corpo.
Depois do ódio, raiva, nojo e tudo mais, percebi que não ha culpado, somos humanos e assim como o Cicatriz não contou e deixou rola pela carência, você errou por naonter o pudor da proteção e deixar de levar pelo "calor do momento" mais temos que perdoar as pessoas e deixar que as mesmas se perdoem também.
Sem cobranças ou julgamentos de onde esta o erro.
Na hora todos curtiram, então não temos que nos arrepender e sim levar a nossa responsabilidade adianta para não sermos odiado também.

lins

Mensagens : 22
Data de inscrição : 12/07/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

CAPÍTULO 2

Mensagem por AndréBarba em Sex 26 Fev - 15:51

AndréBarba escreveu:Bom dia galera. Entrei agora, então vou começar com a minha história. Eu moro em Porto Alegre.

Faz mais ou menos um ano e meio que eu fiquei com um amigo de outra cidade. No fim de 2015 ele entrou em contato comigo, dizendo que tinha contraído HPV e me aconselhando a ir ao médico. Ele estava muito chateado em me dar a notícia. Eu agradeci o aviso, e deixei bem claro que não era culpa dele, e não precisava se sentir mal por isso. Nós somos amigos até hoje e ele tem me ajudado muito, conversado comigo e me passando links, como o deste blog e fórum, por exemplo.

Mas eu creio que não peguei dele. Meio ano antes eu fiquei com cara que eu conhecia muito pouco, acho que foi esse.
Ele tinha uma cicatriz do lado do ânus. Quando eu percebi, avisei pra ele. Ele primeiro se fez de desentendido, depois disse que era uma cauterização de hemorróida, e que ele teve que fazer duas vezes. A transa acabou ali, cortou o clima, mas eu já tinha esfregado meu pênis a região anal dele sem camisinha por um bom tempo.

Mas continuando, no fim de 2015 então, eu fui num urologista particular aqui na cidade. Ele disse que o teste para HPV é inútil, pois dá falso positivo. E que sem verruga eu não tinha HPV e deveria só continuar fazendo sexo com camisinha.

2 meses depois me saiu 2 verrugas minúsculas no pênis. Procurei dessa vez um urologista na Central de Consultas, em Porto Alegre (não recomendo). Ele fez a cauterização, eu perguntei sobre tratamentos, ele disse que não havia nada a ser feito. Qualquer pergunta que eu fazia sobre tratamentos, ele repetia "não há nada que possa ser feito/só esperar/use camisinha"

1 mês depois apareceu uma nova verruga. Dessa vez decidi ir no Ambulatório de Dermatologia Sanitária de Porto Alegre, que ouvi que era muito bom (SUPER não recomendo!). O médico repetiu o mesmo mantra dos outros "não há nada que possa ser feito/só esperar/use camisinha", mas com tremenda GROSSERIA.

.........................................................................................................................................................................................................
O que me deixa FURIOSO é: conversando com pessoas que estão passando por isso, eu sei que existem outros tratamentos, como a vacina (que alguns médicos recomendam pra quem já contraiu para diminuir a força do vírus), alimentação (nutricionistas receitam dietas para aumentar a imunidade do paciente), e o próprio exame (que alguns médicos utilizam). Se alguém da região de Porto Alegre puder me indicar um bom médico, eu aceito! Eu decidi visitar um médico e uma nutricionista na minha cidade natal, aqui perto. Mas eu estou perdido, não sei a quem recorrer! É um absurdo que nessa capital não tenha um profissional decente, e eu não tenho dinheiro pra ficar gastando um por um até descobrir.

E o impacto na minha vida: no início passei semanas chorando, me sentindo um lixo. E desesperado, sem informação, sem ajuda médica! Agora eu estou conseguindo separar as coisas (eu tenho um vírus, é um problema desagradável mas é temporário, eu não sou um lixo ambulante nem é minha culpa). Mas faz meio ano que eu não transo com ninguém. Estou desviando de todos os xavecos, invento desculpas esfarrapadas e me afastei de quem eu estava xavecando na época. Não é a falta do orgasmo em si (pra isso existe XXXvideos), mas sinto muita falta de beijar, dormir com alguém.

Por um tempo eu fiquei com muita raiva daquele cara da cicatriz que eu mencionei acima. Eu só fui me lembrar dele quando percebi que a minha cicatriz de cauterização ficou muito parecida com a dele após umas 3 semanas. Ele me mentiu descaradamente, e ele deve ter transado comigo mais ou menos esse tempo depois da cauterização dele (o que foi uma péssima atitude dele, deve se esperar mais pra ver se vão aparecer mais verrugas). Mas depois a raiva foi passando, quando eu imaginei que ele pode ter passado por um médico estúpido que disse pra ele "não há nada o que fazer/só esperar".

Uma coisa que, no dia que eu voltar a transar (que nem consigo imaginar no momento), talvez eu tenha que mudar é colocar a camisinha bem no início da transa, na hora do arreto, não só na hora da penetração. Mas isso é uma coisa que vai me cortar metade do tesão.

Gostaria de, se não aparecer mais uma verruga, fazer um teste para ver minha carga viral. Um outro amigo meu fez antes de se casar (HPV é muito perigoso para mulheres), e não teve nada de "falso positivo". O médico dele disse: "aqui indica uma carga viral baixíssima, isso deve significar que tu contraiu anos atrás, mas que teu corpo expurgou, só restaram os anticorpos, pode se casar tranquilo". Mas eu precisso dum maldito médico decente que me ajude!

Bem é isso, agora vou ler o resto do fórum. Alguém pode me ajudar? Um abraço e boa sorte a todos.
.........................................................................................................................................................................................................

Oi, pessoal.
Vou contar a sequência da minha história.

Fui até minha cidade natal, no interior. Fui a mais um urologista (este riu da minha cara com arrogância e repetiu o mantra "não há o que fazer"]  Mad
Então... fui num clínico geral que me encaminhou prum imunologista e me receitou umas cápsulas de probióticos.  Very Happy
Esse imunologista não me deu a vacina contra o HPV, mas me deu outras injeções para aumentar a imunidade: parece que são bacilos atenuados (vacina, né?) de tuberculose, que ele disse que vai funcionar melhor.
E, por minha conta, fui numa nutricionista que me deu uma dieta com bastante vitamina C (frutas cítricas), caroteno (cenoura e beterraba) e me cortou os ultra-processados (mortadela, presunto, etc). (é mais que isso, mas tô resumindo aqui, ok?).

Eu me senti muito melhor, a sensação que eu tinha antes é que eu estava ficando louco ("será possível que nenhum médico ouviu falar de tratamento?"). Já passou um mês da última cauterização.
Consegui transar com um cara, eu já tinha explicado pra ele todo o processo. A gente ficou só de arreto, não tiramos a cueca. Mas, pra mim, já foi uma vitória e um prazer. Eu acabei bloqueando o sexo na minha mente. Tipo, eu bato punheta pra caralho na internet, mas na hora de conhecer alguém pessoalmente, eu fiz uma barreira, não conseguia nem pensar em concretizar o lance em si. Se não aparecerem mais verrugas acho que eu vou começar a transar convencionalmente de novo, mas usando camisinha desde o início (não só na hora da penetração).

Uma coisa que me deixou furioso é que eu gastei mais de 500 reais em médicos ruins, que não me disseram nada, e mais uns 500 reais com o tratamento com esses 3 médicos bons. Deu mais de 1000 mangos essa brincadeira.

Eu tenho uma pergunta pra vocês (porque nenhum médico se dignou a me responder isso): com quando tempo depois da última cauterização eu posso me considerar "curado"? Algum médico respondeu isso pra vocês? Eu gostaria muito de levar um boquete sem camisinha ou que um cara batesse uma pra mim sem que eu precise usar camisinha, gostaria de fazer isso um dia na minha vida de novo.

Outra coisa: vocês acham uma boa eu esperar alguns meses e fazer o exame pra saber se eu continuo com o vírus?
avatar
AndréBarba

Mensagens : 2
Data de inscrição : 02/02/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Minha história...

Mensagem por lins em Ter 1 Mar - 16:09

Boa tarde Andre,
Acho que alem da barreira e falta de informações o tesão que temosndurante esse tempo eh muito maior e pior, sei bem como é, e o pior...
Sou passivo...ai já viu só fico na pumheta tbm e eh foda...heheh.

Mas vamos lá, um medico havia me informado que não ha um tempo para cura, não ha como afirma que você fazendo a cauterização as verrugas sumiram para sempre, ha relatos de pessoas que ainda no processo de cicatrização apareceram novas verrugas...esse virus não é mole não.
Bom o prazo maximo para expulsão total ou melhor para que na manifestação do virus seja menor são 18 meses, claro que tomando todos os cuidados necessários.
Porem o virus fica indetectável, e, sempre que houve problemas com imunidade...
Usar camisinha para oral, anal, vaginal não sera mais descartados mesmo se você nao tiver codilomas aparentes, a partir da contracao do virus sempre temos que evitar contato sexual sem proteção pois não sabemos se esta tudo OK com a pessoa.
Eu nunca fiz cauterização e sempre resolvi todos meus codilomas sozinhos ate q pararam de aparecer.
Espero ter ajudado.

lins

Mensagens : 22
Data de inscrição : 12/07/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Notícias

Mensagem por brunoperazzo em Qui 14 Jul - 0:04

Admin escreveu:Pessoal,
Contem aqui suas histórias, vamos conhecer mais pessoas que estão passando pelo mesmo desafio! Wink


Passando para dar notícias e tb ver as novidades.

Quando descobri que estava com HPV, li tudo que estava nesse blog.
Dentre os comentários, tem um no qual o administrador comemora um ano sem problemas.
No auge do meu desespero, ler aquilo foi reconfortante.
Eu passei a sonhar em completar um ano sem recidivas.
Como vcs devem ter lido em outros posts, eu fiz precisei fazer duas cirurgias pq tive recidivas. No entanto, já faz UM ANO E TRÊS MESES que não apresento mais nenhum sintoma de HPV.
Sinto-me curado, mas sigo me cuidando.
Hoje fiz um exame de imagem (retossigmoidoscopia). Está tudo bem comigo, graças a Deus.
Desejo que fique tudo bem com vcs tb.
Fé em Deus e sigam o tratamento direitinho. Um dia o pesadelo acaba!
Abraço!!

brunoperazzo

Mensagens : 17
Data de inscrição : 23/03/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

minha história

Mensagem por CARA DE FÉ em Dom 17 Jul - 21:27

OLá Guerreiros, boa noite!

pessoal estou tratando do HPV desde de fevereiro de 2016, passei janeiro transando com um cara que eu sempre gostei, ele só queria sexo, eu sabia, mas vocês sabem quando a gente gosta de verdade a gente sempre tem esperança. já conheço ele há uns 5 anos, não foi a primeira vez que transamos, mas em janeiro dessse ano todo dia quase ficavámos, foram dias maravilhosos pessoal, mas a consequência veio no mês seguinte fevereiro desse ano quando apareceu no rego da minha bunda uma verruga ( eu não sabia que era uma verruga, nunca passou pela minha cabeça que naquele momento eu já estava com uma DST). Eu estava num momento de muita turbulência na minha vida, cuidando de um primo meu no hospital ( confesso que até cheguei a pensar se não foi a cadeira do hospital que sentei com minha bunda lá e peguei o hpv, mas acho que não o que vcs acham ?).

Eu sempre achei que eu peguei do cara que eu fiquei, pois ficamos todas as vezes sem camisinha, e foi muito intenso , aí devido eu estar com muitos problemas pessoas, trabalho, cuidando de pessoas doentes no hospital, acredito que o HPV se aproveitou do meu organismo, enfim não sei pq esse vírus horrível ( que está sendo morto por minhas células tenho fé) se apropiou do meu anûs, fui ao médico bem rápido, mas o vírus em menos de uma semana, já contanimou toda a área perianal, fui no urologista pois no meu plano de saúde não tinha proctologista credenciado, eu tinha direito de pedir mas aí ia demorar mais e eu estava desesperado já, já tinha me conscientizado que era uma DST. No dia que fui no consultório médico logo de cara o Urologista falou não é hemorróida é HPV , peguntei tem cura DR. ? ELE DISSE ? Tem, mas pode voltar. fiquei mt triste chorei, mas enfim no mês seguinte ( esperei isso tudo ainda , plano muito enrolado ) estava já com verrugas internas e externas, operei enfim. Fui para casa e pouco mais de um mês o HPV havia voltado( fiquei pensando que voltou, pq acho que na primeira cirugia o médico deixou uma verruga externa sem retirar, acho que ele não viu ), de uma forma diferente, as lesões que antes eram avermelhadas e crespas, passaram a ser lisas e enegrecidas e doloridas ( as de antes mais coçavam que doiam). Nesse meio tempo solicitei um proctologista ao Plano de Saúde, com muitas brigas e estress com o plano providenciaram o especialista conforme solicitei. No fim do mês de junho fiz a cirugia retirei as recidivas internas e externas, ele tirou todas dessa vez ( graças a Deus), e agora em julho voltei dia 13 pra o retorno da cirugia , o proctologista olhou meu anûs e disse que haviam crescido tecidos exuberantes, eu pensei que esses tecidos eram o entorno do anûs mesmo que esatava inflamado, pois minha região anal sempre foi rosinha ( rsrs). Mas o Dr. Disse que não é o HPV e que não sabe o motivo por esse tecido ter crescido, mas que teria que retirar, eu não gosto de fazer esse procedimento, dói muito , eu sempre choro na mesa de cirugia e depois que acordo, durmo e acordo várias vezes chorando, acredito que a anestesia e a sedação, atenuam minha sensibilidade( já sou sensível para chorar por natureza). Fiz então no dia 16 agora de julho a 3ª cauterização para retirada dos tecidos exuberantes. Estou me sentindo bem, comprei um gel a base de água que a gente usa para transar, mas estou usando com outro fim, para passar no meu ânus na hora evacuação , tem ajudado a diminuir a dor, que não é fácil.
Sou cristão, então tenho me apegado muito com Deus pedido a cura para mim, e para as pessoas que estão passando por isso. Quero tomar a vacina do HPV se o meu médico não quiser me receitar eu vou em outro, mas vou tomar, pois ficamos imunes a outros tipos de hpv.
Enfim essa é minha história por enquanto, espero em breve testemunha aqui pra vocês que Deus abençoou minha cura após essa 3ª cauterização, desejo tb que todos vcs melhorem, acreditem peçam pra Deus ele concede se crermos.

CARA DE FÉ

Mensagens : 9
Data de inscrição : 15/07/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Minha história...

Mensagem por CARA DE FÉ em Dom 17 Jul - 21:35

Parabéns Ricardo , espero que esteja melhor, curado. também trabalho em instituição pública e pensei o mesmo que vc sobre como peguei isso, enfim é difícil se saber.

CARA DE FÉ

Mensagens : 9
Data de inscrição : 15/07/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Minha experiência.

Mensagem por Icyalg2011 em Seg 18 Jul - 22:52

Bom, eu sempre fui bem na minha e nunca me imaginei com uma DST, mas como a vida é bem retórica, em uma visita a uma amiga minha, cheguei bebado na casa dela e lá havia um amigo dela. Eu estava muito bebado e não vi o ato, só lembro que foi sem camisinha na região anal e doia muito, ele não parava e segura minhas maos, como eu atava muito bebado não senti sinto. No dia seguinte vi que estava dolorido e que apareceu uma bolinha. Achei que não seria nada e ela foi crescendo de tamanho. Usei podofilina 0.25% e removi as externas. Fui a um proctologista na minha região que disse que seus HPV, e que só seria possível retirar com cauterização/cirurgia, por ter passado a serem internas. A cauterização é muito cara , e pelo sus possivelmente vai demorar. Está sangrando muito e ele disse que também tenho hemorroidas. Estou muito apreensivo. Fiz o exame de HIV e graças a Deus deu negativo. eu não tinha sexo passivo ou o ato sexual em si a mais de 7 meses ( que seria o tempo do meu antigo namoro ) e provavelmente foi por conta dele. Pelo sus demora muito? Fazer a cirurgia ? Estou muito preocupado.

Icyalg2011
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Minha história...

Mensagem por CARA DE FÉ em Ter 19 Jul - 21:59

olá, boa noite!

cara estou tratando dessa doença desde fevereiro, se você tiver como pagar um plano de saúde, pague e faça logo essa cauterização. No SUS provavelmente vai demorar, e tem mais apesar de nos que estamos doentes considerarmos urgente tratar as lesões o SUS não considera o que eu vejo como um erro. Pra eles só é urgente se houver risco de morte, e nesse tipo de doença só sabe se há risco de morte após biopsia para saber se as lesões são benignas ou malignas. Então pode ser que demore sim, sem falar que pode ser que você seja operado por um médico que não é especialista. A melhor opção é vc tratar com um proctologista que atua em cirugia também.

para as hemorroidas, seria bom você comer alimentos que não as prejudiquem mais, eu não tenho hemorroidas com frequência , mas já tive uma crise uma vez e o médico passou proctil para mim, que é uma pomada que você pode passar externa e internamente.

Agora vou te fazer uma alerta que ninguém me fez, após ler muito, sempre vejo muitos especialistas dizerem que se nos alimentarmos bem, praticar alguma atividade física, as lesões podem sumir sozinhas, o que acho muito difícil pq parece que essa doença é muito forte, mas não acho impossível. Se você pesquisar na internet vai achar muita coisa pra te ajudar com relação a que tipo de alimento você pode comer. Se eu fosse você eu iria na UPA , toda cidade tem. Fiquei muito triste por esse cara te tratar dessa maneira no sexo, é foda hoje em dia, no mundo em que vivemos parece que as pessoas não tem mais amor. Eu também fico pensando que quando fiz sexo sem camisinha, sempre foi a entrega , quando a gente tenta acreditar no amor. Mas hoje percebo que eu estava agindo errado não é sexo que segura ninguém. Eu não farei mais sexo com ninguém e não recomendo ninguém que pega essa doença a fazer, só se já estiver curado dos sintomas, pq senão pode piorar a doença em vc e transmitir para os outros, até mesmo com camisinha se você tiver com lesão transmite.

se vc puder pagar pague, e pague e faça logo. Se você não puder pagar não tenha vergonha é sua vida, sua saúde, o SUS existe pra isso. Procure a UPA tire umas fotos da sua região anal no celular para você mostrar pro médico que te atender nos SUS, e se for necessário tire a cueca e mostre para ele, cuidado com seu pênis, e com as pessoas que moram na sua casa, eu sempre uso álcool no banheiro agora, para toda vez que eu uso o vaso antes e depois e pego o papel higiênico e limpo o vazo com álcool. até com toalha transmite.

Se vc tiver algum amigo intímo que trabalha na saúde, peça para ele se pode te ajudar, pois na UPA eles já podem transferir direto para os hospitais do SUS onde vc pode ser operado inclusive no mesmo dia que for fazer a consulta na UPA ou no dia seguinte, e outra muitas pessoas se sensibilizam ( profissionais médicos ) com algo assim, mas nem todos, então seja vc mesmo demonstre sua necessidade para o médico que te atender peça para ele te encaminhar para um hospital. Espero ter ajudado, e não se esqueça se você acredita em Deus peça para ele te ajudar a passar por isso, um grande abraço.

CARA DE FÉ

Mensagens : 9
Data de inscrição : 15/07/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Minha história...

Mensagem por joaonunes em Sab 10 Set - 0:49

O meu caso é um tanto confuso, porque, sinceramente, não sei se foi mesmo HPV, mesmo com o diagnóstico do urologista (que não parecia muito disposto a explicar as coisas). Ele olhou, disse que era "uma verruguinha", e falou em fazer biópsia.

Achei esquisito porque parecia uma manchinha escura/roxa na glande, não tinha textura diferente nem nada, nunca aumentou ou se espalhou, e eu tinha fazia uns sete anos. Sempre achei que fosse uma cicatriz de fricção de masturbação, sei lá (novamente, apesar de não ter uma textura diferente) Fui lá de novo, ele simplesmente ignorou a parte da biópsia e pediu para passar podofilina. Passei por 1-2 semanas, queimou meu pênis um pouco, e ficou um pedaço da "verruga", não sei dizer quanto, talvez metade. Voltei lá uns 9 meses depois, ele falou que não tinha mais nada, só uma "veia". Outros urologistas disseram que o que havia "sobrado" era uma mancha melanoica.

Fiquei desesperado. Ele não quis fazer uma biópsia ou uma peniscopia, ficou nervosinho quando eu tive dúvidas, e mandou eu ir atrás de uma segunda opinião. Disse que eu estava curado e não tinha risco de transmitir. Ver relatos na internet um tanto quanto desconexos quanto a cura também não ajudou. Outros urologistas que procurei tiveram reações parecidas. O que custava fazer a peniscopia, ao menos?!?

Com os médicos falando que tinha acabado, e com o histórico (eu era virgem quando surgiu a verruga), meus amigos e família acham que estou completamente louco, que os médicos falaram que não tem mais nada e tenho que me tranquilizar. Ás vezes dá vontade de vir uma recidiva para eu ter ao menos o direito de saber o potencial oncogênico, por mais absurdo que pareça. É terrível a sensação de ter medo de passar doença e as pessoas acharem que está exagerando.

Desejo toda a sorte do mundo para vocês.

joaonunes

Mensagens : 1
Data de inscrição : 10/08/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Minha história...

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum